segunda-feira, 1 de junho de 2015 |

Book Club: O Garoto da Casa Ao Lado


Agora que voltei com os posts mais regulares ao blog, também voltei com as resenhas de livros do Book Club! E o livro desse mês (maio, estou atrasada ><) é um Chick Lit e o mais votado, pela gente, nessa categoria foi O garoto da casa ao lado da Meg Cabot.
Eu nunca tinha lido nada dela, mas já ouvi maravilhas sobre suas histórias e sempre quis ler "O Diário da Princesa" só que nunca tive oportunidade. E agora, finalmente, tive a chance de ler um livro dela.
Sinopse: "Melissa Fuller é uma garota do interior que escreve para a coluna de fofocas do New York Journal, uma publicação de segunda categoria. Um dia, ela socorre Helen Friedlander, sua vizinha de oitenta anos que entra em coma após levar um golpe na cabeça. Além de tomar conta dos dois gatos e do cão dinamarquês da Sra. Friedlander, Mel fica de olho no misterioso sobrinho dela, que se mudou para a casa da tia para também cuidar dos bichinhos."
A história começa com Mel recebendo vários e-mails sobre o seu trigésimo sétimo atraso só naquele ano. Mas dessa vez ela tinha um motivo, ela teve que socorrer sua vizinha Helen Friedlander que foi atacada na noite anterior, e com ela hospitalizada, sobra para a Mel cuidar do seu cachorro Paco e de seus dois gatos Chico Bum e Sr. Botucas (esse vai ser o nome do meu futuro gato!).
Como ela já está com problemas demais no seu emprego (os atrasos e o fato de ela querer ser "promovida"), ela não pode 'se dar ao luxo' de sair durante o expediente para passear com Paco, então ela entra em contato com Max, único parente vivo da Sra. Friedlander. Mas como ele não dá a mínima para a tia, pede para seu amigo, John Trent, que vá em seu lugar e finja ser ele. Nem preciso dizer que isso vai dar o maior rolo, né!?
O estilo de escrita da Meg é leve e bem gostoso de ler, ideal para o publico alvo dos livros dela. O livro, a pesar de bem previsível, é bem gostoso de ler, tem romance, suspense, comédia nas medidas certas. Ele é totalmente contado por e-mails, o que eu achei interessante por ser diferente, bom porque mostra perspectivas diferentes, de diferentes personagens, sobre um mesmo ponto e ruim porque em certos momentos você tem aquela sensação de que está perdendo algo, de que algo não está sendo contado.
Como eu sou meio desligada, as vezes eu simplesmente esquecia de ver quem estava mandando e-mail pra quem, e na maioria do livro não li o "assunto" no e-mail, o que faz você perder algumas das piadas dele. Fora que, por ele ser dividido dessa maneira, não tem divisão de capítulos então dificulta na hora de parar a leitura para quem, como eu, gosta de parar nas divisões de capítulos.
Mesmo com os pontos ruins, é um livro que realmente vale a pena ser lido, independente da sua idade, porque é um livro diferente e divertido, vale a experiência!


Sobre o livro:
Título original: The boy next door
Autora: Meg Cabot
Editora: Record
ISBN: 9788501066176
Páginas: 400

Espero que tenham gostado dessa resenha, e se já tiver lido o livro, me diz o que achou dele. Se tiver alguma sugestão para uma nova resenha, diz aí nos comentários! E não esquece de conferir o post das outras meninas do projeto.
Ceci | Isa | Thaísa | | Wan 
Beijos!

http://silenciosa-metamorfose.blogspot.com.br/search/label/Book%20Club
Follow my blog with Bloglovin

6 comentários:

  1. Esse livro parece ser muito bom, vou ver se encontro em algum lugar por aqui

    http://sammygoncalves.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom sim, não vai se arrepender, se gosta desse estilo!

      Excluir
  2. Eu já li dois livros da Meg Cabot, que são Diário da Princesa 1 e 2, hahaha. Quero muito terminar de ler, mas acho que não tenho idade para isso.

    Gostei bastante da sua resenha, parece ser um livro muito bom de ler quando quer passar o tempo (tipo em ônibus, metro, filas....)

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Idade é relativo.. Amo de paixão ler livros infanto-juvenis quando quero algo mais light ou só pra passar o tempo mesmo. Acho super divertido e estou louca para ler Diário da Princesa hahah

      Beijos

      Excluir
  3. Tenho uma amiga louca por Meg Cabot e lembro dela lendo esse livro durante a nossa adolescência. Sempre tive curiosidade justamente pelo livro ser contado em emails. Estou lendo Tamanho 42 não é gorda. <3

    www.faltouacucar.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser em e-mails me chamou bastante a atenção, mas não é um formato que leria com frequência porque me perco muito fácil hahahah
      E Meg Cabot é muito "adolescência", acho que sou a única que só foi ler algo dela depois de "velha" hahahahah

      Excluir