quarta-feira, 29 de outubro de 2014 |

Espaço Geek - Stalker

Ooi gente!

Hoje resolvi voltar com o espaço geek, que estava meio abandonado aqui. E para voltar com grande estilo, vou contar para vocês sobre uma nova série que estou acompanhando, Stalker.

Ficha Técnica
Título: Stalker
Criado por: Kevin Williamson
Gênero: Drama, Suspense, Policial
Ano de lançamento: 2014 (tanto no Brasil quanto nos EUA)

Sinopse: Stalker é um thriller psicológico. A história acompanha a vida de detetives que trabalham na Threat Management Unit da polícia de Los Angeles. Sua missão é solucionar casos relacionados a stalkers. Entre os detetives que atuam nesta Unidade estão Jack Larsen (Dylan McDermott, de Hostages, American Horror Story), um homem recém transferido de Nova Iorque que está tentando deixar para traz seu passado; Janice (Mariana Klaveno, de Devious Maids), uma mulher que costuma ser subestimada por seus colegas em função de sua aparência; Beth Davis (Maggie Q, de Nikita), uma mulher obsessiva e workaholic; e Ben (Victor Rasuk), um detetive ambicioso e leal mas em quem as pessoas não podem confiar cegamente.


Se estiver sem a legenda, é só clicar no botãozinho para habilitar.

Minha opinião: Stalker segue bem a linha de outras séries policiais como Law and Order SVU, C.S.I., entre outros. Em que cada episódio tem uma história diferente, um caso diferente para ser resolvido, mas todos os personagens principais tem suas histórias em paralelo e que vão sendo reveladas ao longo dos episódios.
Apesar da série ter só 4 episódios até agora,ao meu ver, as histórias foram muito bem escritas, a gente nunca saber quem é o perseguidor e porque, só descobre na hora em que é revelado. Ela explora muito do drama e do suspense mas tem um quê de comédia nas horas certas para aliviar a tensão.
Não dá pra contar muito dela se dar spoiler (e eu não vou dar spoiler porque sou uma pessoa muito legal.. haha!), mas Jack era da divisão de homicidios de NY e foi para Los Angeles em busca do seu passado, mas ele não é nada gentil com Jack e tem os seus motivos. Beth é a "chefe" da Unidade de Gerenciamento de Ameaças da Polícia de LA e esconde os seus segredos também. Provavelmente Janice e Ben também escondem seus segredos (ainda não apareceu nada sobre isso) mas eles protagonizam boa parte das cenas engraçadas e, claramente, são muito importantes para a série. Queria poder contar mais coisas, mas correria o risco de estragar o suspense e soltar um spoiler, então quer saber mais? Corre lá e assiste, garanto que vai gostar!

Os episódios são lançados toda quarta-feira nos EUA, pela CBS. E estreia aqui no Brasil dia 13/11, pela Universal Channel (130 da NET, dos outros não sei).
E ai, vai perder?

segunda-feira, 20 de outubro de 2014 |

Abraçando patinhas - Não compre, ADOTE!

Desde que eu e minha irmã éramos crianças, queríamos ter um cachorro. Quase todos os nossos amigos tinham um amiguinho peludo, menos nós, mas sempre que pedíamos a nossos pais a resposta era a mesma, um belo "não", por vários motivos, "não tem espaço no apartamento", "quem vai cuidar?", "quem vai limpar a sujeira?", "quem vai levar pra passear?" e mesmo nos comprometendo a fazer tudo isso, a resposta continuava a mesma.

Até que esse ano, depois de tantos anos insistindo, a minha mãe resolveu que teríamos um cachorro, mas que tinha que ser pequeno pois moramos em apartamento. Então começou a busca, fomos em diversos abrigos, ONGs e até no CCZ (centro de controle de zoonoses), mas só tinham cachorros grandes ou cachorros que ainda não podiam ser adotados por estarem fazendo algum tipo de tratamento. Quando já tínhamos perdido as esperanças de achar um cachorro para adotar, e nos conformado de ter que esperar mais um tempo até que aparecesse um, descobri que naquele dia teria uma feira de adoção perto de casa, então fomos.
Chegando lá, só vimos cachorros de porte médio/grande, então a minha mãe resolveu perguntar para a organizadora se ainda tinha algum cachorro de porte pequeno e a moça gritou para outra pessoa "Ei fulana, traz a Narizinho!". E então veio uma moça, carregando um cachorrinho salsicha, de pelo marrom e com focinho torto que atendia pelo nome de Narizinho. Posso dizer que foi amor à primeira vista haha! Na hora resolvemos adotar, preenchemos toda a papelada, ela passou em consulta com a veterinária e ganhou um RGA (registro que todo cachorro precisa ter, é tipo um RG).

Narizinho com roupinha de inverno, ela detesta.. Haha!

 No começo foi bem difícil, ela latia para tudo, fazia xixi fora do lugar, ninguém podia sair de casa e nem chegar que ela não parava de latir, tinha ansiedade e suspeita de epilepsia. Esse começo foi tão complicado, que a minha mãe pensou em devolvê-la. Mas meu namorado me disse que tinha uma adestradora comportamental que não cobrava nada de quem tivesse adotado um cachorro, então resolvemos dar uma chance, e realmente funcionou. Ela ficou muito melhor, parou de latir e agora faz xixi no lugar certo. E nos descobrimos que, graças a Deus, ela não tem epilepsia e o focinho torto é porque os dentinhos são tortos.

A Narizinho tem 2 aninhos, está com a gente a quase 7 meses e eu posso afirmar que essa foi uma das melhores coisas que já me aconteceu na vida. Eu já não me vejo mais sem essa criaturinha que a cada dia inventa uma traquinagem nova ou aprende algo para nos surpreender. não posso mais viver sem ela que, toda vez que eu chego em casa, faz a maior festa para me receber e que, toda vez que vai passear, encanta a todos com o que foi o motivo do seu apelido, o seu narizinho torto.

Seu jeitinho todo torto de dormir.

E eu contei essa história para incentivar a você, que quer um cachorro, a adotar. Há tantos cachorros que precisam de um lar, de amor, de carinho, e você pode fazer isso por eles, adotando!

Mas para adotar um cachorro, não basta só você assinar um papel e levar ele para a sua casa, precisa exercer a Guarda responsável e os 10 pilares para que ela seja exercida são:

  1. Educação das crianças sobre a necessidade do respeito aos animais
  2. Denúncia e vigilância contra maus tratos aos animais
  3. Castração dos peludinhos pra evitar o abandono dos filhotes não planejados (As ONGs já estão lotadas de cachorrinhos sem dono, se pudermos evitar que essa população aumente, devemos fazer)
  4. Vacinação para todos
  5. Visitas regulares ao veterinário (Assim como você, seu cãozinho precisa de um check up periodicamente)
  6. Conscientização contra os abandonos, principalmente no final do ano
  7. Necessidade de auxílio aos cães e gatinhos mais idosos
  8. Alimentação digna e saudável (Assim como você, seu pet precisa de uma alimentação balanceada com a ração adequada e também frutas, nada de bobagens, animais também ficam obesos e nem tudo o que você pode comer, ele também pode)
  9. Espaços adequados para a diversão e bem-estar (seu cão também precisa se divertir, não é só largar ele em qualquer canto com 2 ou 3 brinquedos)
  10. Higiene constante do local onde moram e também deles mesmo

E um outro que eu também posso adicionar é, como eu disse ai em cima, não é só largar seu pet em qualquer canto da casa com 2 ou 3 brinquedos e pronto. Com certeza ele vai achar muito mais divertido se você for lá e brincar com ele ou se fizer um carinho, um animal precisa da sua atenção, então só tenha um se puder dar isso a eles.

Agora, se você não tem tempo, trabalha o dia todo fora de casa, mora em um lugar muito pequeno ou em um lugar que não pode ter um pet, mas ama esses bichinhos, tem vontade de pegar todos os que você vê na rua e quer ajudar de alguma forma mas não sabe como, saiba que você pode sim ajudar, e eu vou te dizer como.
Os lugares que acolhem esses cachorros de rua, cuidam e oferecem um lugar para que eles fiquem até que sejam adotados, em sua maioria são ONGs (Organização Não Governamental), ou seja, não recebe ajuda alguma do governo e sobrevivem da boa vontade de voluntários que trabalham no local, inclusive veterinários, e da doação de outras pessoas, seja em dinheiro ou em ração, medicamentos, etc, então você pode ajudar sendo um voluntário ou doando.

"Mas poxa, não conheço nenhuma ONG na minha cidade e mesmo assim não teria tempo de ir lá fazer a minha doação."
  
Então os seus problemas foram resolvidos haha! A Max – Total Alimentos conta com um programa de responsabilidade social chamado Max em Ação. No hotsite, é possível localizar ONGs cadastradas no projeto e fazer sua doação através do site, com valores a partir de R$6 (equivalente a 1kg). A cada doação feita para a ONG de sua preferência no site da campanha, a Max acrescenta mais 50% em cima. Ou seja: se você doa 10kg, a Max acrescenta mais 5kg e a ONG recebe, somente na sua doação, 15kg de ração.

Mas esse mês o grupo Rotaroots elegeu como o mês da proteção animal e assim foi criado o projeto Abraçando Patinhas.

 
"Nossa ideia era promover essa blogagem e arrecadar doações para alguma ONG, mas conseguimos algo muito maior do que isso. Em parceria com a Max da Total Alimentos, vamos doar UMA TONELADA de ração para a ABEAC ONG, uma ONG de proteção animal aqui de SP responsável pelo bem estar de cerca de 1100 cães e que sobrevive de doações.".E você pode aumentar essa doação clicando aqui e doando. A doação é feita através do pagseguro e não demora nada. Eu ainda não doei por motivos financeiros (desemprego, ô tristeza), mas com certeza doarei assim que for possível.
Se você tem condições, doe! Garanto que fará, pelo menos, um cãozinho feliz.


Beijinhos!
quinta-feira, 16 de outubro de 2014 |

101 Coisas em 1001 Dias

Oooi gente!

Andei meio sumida aqui do blog, mas hoje resolvi trazer pra vocês a minha listinha de 101 coisas em 1001 dias.

Demorei um tempão pra pensar em todas as 101 coisas, mas consegui e espero conseguir concluí-las nos 1001 dias.

Essa ideia foi criada pelo Michael Green e foi trazida ao Brasil pela Patricia Muller. E, pra quem não conhece, esse desafio consiste em criar metas mensuráveis, realistas, claramente definidas e que exijam um certo esforço para serem concluídas. E eu acho esse desafio muito interessante porque te faz pensar nos seus sonhos e nas suas metas e ver se aquilo é algo realista e se você consegue realizar isso dentro do espaço de tempo estabelecido, e isso é bom, principalmente pra mim, em que os sonhos "se perdem" por aí e, tê-los escritos, reforça a minha vontade em realizá-los.


Início: 02/10/2014

Término: 29/06/2017

Itens concluídos

Itens em andamento

Minha lista

Pessoal

              1. Entrar para o vigilantes do peso

              2. Pesar 60 Kg (peso ideal. Se chegar a 58 Kg, melhor)

              3. Doar sangue

              4. Dar uma festa no meu aniversário sem ser junto com o natal

              5. Adotar mais um cachorro

              6. Fazer um “diário da gratidão”

              7. Fazer uma carta para mim mesma, para abrir com 25 anos

              8. Me tornar doadora de medula óssea

              9. Pintar o meu cabelo na parte da nuca

             10. Conseguir adestrar a Narizinho

              11. Me importar menos com a opinião alheia

              12. Parar de procrastinar os meus afazeres

              13. Aderir ao cronograma capilar

              14. Fazer um ensaio fotográfico

              15. Perder o medo de falar em público

              16. Ser mais organizada

              17. Doar cabelo

              18. Treinar maquiagem com maior frequência

              19. Ajudar alguém a realizar um sonho

              20. Me sentir orgulhosa de mim mesmo

              21. Tirar mais fotos

              22. Voltar a ir para a igreja

Saúde e bem-estar

             23. Começar a usar lentes de contato

             24. Clarear os dentes

             25. Começar a ir ao psicólogo

             26. Fazer limpeza de pele

             27. Ir a um spa pelo menos uma vez

             28. Começar uma atividade física regular (esporte ou academia)

             29. Fazer pilates

             30. Voltar a usar aparelho ortodôntico

             31. Procurar algo (qualquer coisa) que acabe, ou pelo menos diminua a minha dor nas costas

 Acadêmico/Profissional

            32. Fazer intercâmbio para melhorar o inglês

            33. Conseguir passar na prova de proficiência de Cambridge ou TOEFL

            34. Fazer pós-graduação (falta escolher a área)

            35. Chegar no estágio avançado em Japonês

            36. Começar a aprender um quarto idioma

            37. Aprender pelo menos o básico de programação

            38. Aprender a tocar guitarra (pelo menos o básico)

            39. Aprender a fazer pixelart

            40. Descobrir qual área quero seguir no design

            41. Conseguir um trabalho em que eu vá porque gosto e não só pelo salário

            42. Passar em um concurso público

Blog

            43. Fazer pelo menos 3 posts por semana por 2 meses

            44. Fazer um lay personalizado

            45. Comprar o domínio para o blog

            46. Começar a gravar vídeos

            47. Conhecer pessoalmente alguma blogueira que eu goste

            48. Ter mais amizades de verdade na blogosfera

            49. Começar e concluir o projeto #100HappyDays

Compras

            50. Comprar uma câmera profissional ou semi

            51. Comprar/Dar entrada no meu próprio carro

            52. Comprar 5 livros específicos da minha área de formação

            53. Comprar um patins inline

            54. Comprar e montar um quebra cabeça de, pelo menos, 5 mil peças

            55. Comprar o CD/DVD do Da-iCe <3

            56. Comprar um quadro de imã ou cortiça

            57. Comprar uma luminária bonitinha

            58. Comprar uma câmera polaroid

            59. Comprar uma pulseira da pandora ou parecida de outra marca

            60. Comprar a coleção do manga Fruits Basket

 Metas

            61. Assistir 100 novos filmes (0/100)

            62. Ler 20 novos livros (0/20)

            63. Ler 5 clássicos da literatura brasileira (0/5)

            64. Assistir 25 animes que ainda não tenha visto (0/25)

            65. Fazer trabalho voluntário

            66. Conhecer alguém que só converso pela internet

            67. Fazer 3 tatuagens (0/3)

            68. Ir a 2 shows (0/2)

            69. Aprender 15 receitas novas (0/15)

            70. Reformar o meu quarto na casa do meu pai

            71. Fazer mergulho (De preferencia em Bonito)

            72. Andar de kart

            73. Andar de snowboard pelo menos uma vez

            74. Aprender a fazer pudim

            75. Ir a pelo menos 2 jogos do São Paulo (0/2)

            76. Assistir todos os filmes de Star Wars

            77. Assistir todos os filmes do Poderoso Chefão

            78. Fazer um scrapbook

            79. Fazer um piquenique

            80. Organizar todos os meus livros e mangás

            81. Voltar e terminar de ler e assistir Naruto

            82. Organizar um evento que ajude uma instituição de caridade

            83. Zerar todos os jogos de Assassin’s Creed para xBox

            84. Escrever todos os dias no Q & A a day

            85. Conseguir fazer segredo (conto quando for realizado)

            86. Perder a vergonha e conseguir fazer um cosplay

            87. Ir em uma festa a fantasia

            88. Aprender a fazer comida japonesa

            89. Fazer algum artesanato para decorar o meu quarto

            90. Ter o meu “dia de confeiteiro” com o tio do Matheus

Viagens\Passeios

            91. Viajar para algum estado do Brasil que não conheça

            92. Ir para Fortaleza conhecer a família

            93. Ir para Ohio com Matheus e assistir um jogo do Bengals

            94. Conhecer o Niágara Falls

            95. Ir a uma Comic Con em qualquer lugar que eu consiga ir

            96. Conhecer Campos do Jordão

            97. Ir a uma praia daqui de SP, de carro, comigo dirigindo

            98. Ir ao circo

            99. Ir ao “catavento”

          100. Conhecer algum lugar de SP que eu não conheça ainda

          101. Completar essa lista e iniciar uma nova em 29/06/2017

E é isso gente, espero que tenham gostado da minha "listinha" e que eu inspire alguém a fazer o desafio também. Haha!

Beijinhoos!