domingo, 20 de julho de 2014 |

Do 46 ao 40: Cirurgia e primeira semana pós

Ooi gente!

Hoje vou continuar a contar sobre como foi a minha experiência com redução de seios.

 

A cirurgia


Como eu disse no post anterior, fiquei em jejum desde as 20hs do dia anterior e cheguei ao hospital por volta de 6:15 da manha. Fui chamada para preencher a ficha de cadastro e logo em seguida já fui para a área do pré-operatório, me preparar para a cirurgia.

Quando cheguei lá, uma enfermeira disse que eu precisava tirar a roupa e colocar aquele avental lindo (só que não) do hospital, tirar os piercings, tirar o elástico do cabelo, colocar a touca e o pro-pé (aquela "luva" que os médicos e enfermeiros usam por cima dos sapatos quando vão para uma área limpa).  No meio do processo, o médico deu uma passada para perguntar como eu estava e logo em seguida veio a anestesista e fez aquelas perguntas de praxe: quanto tempo em jejum, como eu estava e etc, mediu a minha pressão e os batimentos cardíacos e me deu um comprimido que é usado para a indução do sono e como pré-medicação para a anestesia. Fui, na maca, para a sala de cirurgia. A partir daí eu não lembro de muita coisa, só da anestesista e uma outra pessoa na sala, ela amarrando o meu braço na mesa, injetando o anestésico na minha veia e colocando uma máscara, parecida com aquelas de inalação, em mim.



Eu não sei muito da cirurgia em si. Sei que a minha cicatriz seria em forma de âncora (dito na postagem anterior) e que foram retirados, aproximadamente, 250 gr de cada seio.

Acordei já na sala de recuperação, a anestesista perguntou como eu estava e falou que eu tinha dito que estava com enjoo (eu não lembro de ter dito isso Haha!), e eu fui para o quarto, onde meus pais tavam esperando. A cirurgia demorou por volta de 3 horas (terminou por volta do meio dia) e eu fiquei no hospital até as 20hs. E as recomendações do médico foram: Tomar antibiótico, um anti-inflamatório e vitamina C (receitados por ele), dormir de barriga para cima com o tronco levemente levantado, quando tomar banho, secar os curativos com uma toalha bem macia e não tirar os curativos de forma alguma.

 

Pós-operatório: Primeira semana


Como eu cheguei tarde em casa do hospital, eu fui logo pra cama dormir. Na primeira semana foi tudo muito difícil... era ruim para dormir já que eu não sou acostumada a dormir virada para cima, eu precisava de ajuda para fazer tudo, tomar banho, levantar da cama, pegar as coisas, amarrar o cabelo, até para me coçar eu precisava de alguém. Nos 3 primeiros dias eu senti bastante dor, mesmo com os remédios que o médico passou, então eu liguei para ele, que me indicou um outro analgésico.

Todos os dias eu tomava banho só da cintura para baixo, porque eu fiquei com receio de tirar o soutien cirúrgico e o curativo sair (bobagem, eu sei, mas ok, Haha!). No quinto dia (terça) eu tirei o soutien e tomei banho de corpo todo e aproveitei para lavar o cabelo (com ajuda, óbvio) e a minha mãe lavou o soutien que tinha sujado com sangue. Eu vi, finalmente, como tinha ficado após a cirurgia, bem inchado ainda, bem roxo em volta, com os pontos no lugar da cirurgia e micropore por cima dos pontos.

Pelo sexto dia eu já conseguia fazer algumas coisas sozinha, como colocar a minha roupa sozinha (estava usando só camisas e blusas abertas na frente). Nesse dia também, eu comecei a sentir coceira nos seios, que eu achei que fosse por conta da cicatrização.

No sétimo dia (quinta) eu voltei ao consultório. O médico me contou como foi a cirurgia e trocou os curativos. Quando ele tirou, a sensação era de que os pontos iam sair junto e de que ia desmontar, muito ruim.. Haha! ele disse que ainda era muito cedo para tirar os pontos. Então ele pediu para que, em uma semana eu trocasse os curativos em casa mesmo e, em duas semanas, voltasse para tirar os pontos e que continuasse tomando a vitamina C por uns 2 meses.

 

Bom, é isso gente. No próximo post da série eu vou contar sobre o pós - 1 mês e sobre os pontos, então fiquem ligados.

Beijinhos, XoXo

0 comentários:

Postar um comentário